Ver Angola

Transportes

Airlink suspende ligações aéreas entre Joanesburgo e Luanda

A Airlink, a companhia aérea regional da África Austral, anunciou esta Segunda-feira a suspensão dos seus voos entre Joanesburgo e Luanda, na sequência da decisão do Governo angolano em encerrar as fronteiras com a África do Sul, Namíbia, Moçambique, Botsuana, Essuatíni, Zimbabué e a Tanzânia.

:

"Embora estejamos decepcionados em nome dos nossos clientes que estão a ser incomodados, temos de respeitar a decisão das autoridades angolanas. No entanto, esperamos retomar o nosso serviço regular o mais rápido possível", afirmou o presidente da Comissão Executiva e Director Administrativo da Airlink, Rodger Foster, em comunicado remetido ao VerAngola.

A companhia refere ainda que os clientes afectados poderão entrar em contacto com o seu agente de reservas, se for o caso, ou directamente com a Airlink através do contacto +27 11 451 7300 (seleccionado primeira opção, que diz respeito às reservas).

Já os clientes de Angola deverão entrar em contacto com a GSA da Airlink, a a Agência de Viagens Gitu Kiame – cujos escritórios se situam no Aeroporto 4 de Fevereiro - pelo número de telefone )+244) 932 430 052.

A Airlink esclarece também que realizará uma série de voos de repatriação, o primeiro dos quais será feito já esta Terça-feira, dia 30 de Novembro. Segue-se um voo no Domingo, dia 5 de Dezembro e, partir dessa data, às Quintas-feiras e aos Domingos, todas as semanas, até que se verifique que a exigência de repatriação está normalizada.

A Airlink é uma empresa aérea independente e de propriedade privada que presta serviços aéreos para mais de 45 destinos em 13 países na África Austral, Madagáscar e Ilha de Santa Helena.