Ver Angola

Saúde

Médicos chineses regressam a casa após combate à pandemia em Angola

Os médicos regressaram à província de Hubei, no centro da China, onde foram registados os primeiros casos de covid-19, em Dezembro passado.

:

Os especialistas estiveram 25 dias no Lesoto e em Angola, onde ajudaram médicos locais a combater a covid-19, segundo a agência noticiosa oficial Xinhua.

A equipa é composta por médicos de Hubei, que lutaram na linha da frente contra a covid-19, no primeiro trimestre deste ano, quando aquela província foi colocada sob quarentena, com entradas e saídas interditadas.

A missão de apoio foi organizada pela Comissão Nacional de Saúde da China.

Os médicos são especializados em áreas como medicina respiratória, cuidados intensivos, doenças infecciosas, medicina tradicional chinesa e controlo de infecções, detalhou a Xinhua.

Angola regista 308 óbitos e 12.816 casos de covid-19.

Relacionado