Emirates celebra dez anos de operações em Angola

A Emirates, a maior companhia aérea do mundo, está a celebrar um marco nas suas operações em Angola, assinalando 10 anos de serviço com voos regulares e directos entre Luanda e o Dubai.
:
  

O primeiro voo da companhia que ligou as duas cidades foi realizado no dia 25 de Outubro de 2009 e, desde então, e até Setembro de 2019, a Emirates já transportou mais de 1,18 milhões de passageiros.

“Temos muito orgulho em ligar Luanda ao aeroporto Internacional do Dubai, e celebrar uma década de serviços reitera o nosso compromisso com Angola, onde temos tido um crescimento constante, tanto em número de passageiros como de carga transportada. Trabalhamos arduamente para oferecer aos passageiros um serviço de excelência tanto em terra como a 40.000 pés de altura. Nossa equipa local trabalha afincadamente para proporcionar experiências de voo memoráveis a todos os passageiros que viajem a partir de Luanda”, disse Luís Berenguel, Country Manager da Emirates em Angola, em comunicado.

Desde o início das operações, a Emirates SkyCargo desempenha um papel importante na facilitação do comércio e das exportações em Angola, tendo transportado desde então mais de 14.700 toneladas de carga de e para Luanda, com destaque para os últimos seis anos, onde a maioria da carga tem sido, essencialmente, produtos electrónicos e alimentos.

Os destinos da Emirates, para os quais os passageiros de Angola mais viajam, incluem Pequim, Dubai, Hong Kong, Lisboa, Guangzhou, Hanói e Beirute. Luanda é um destino popular para os

passageiros da extensa rede da Emirates com destaque para: Pequim, Houston, Singapura, Moscovo, Manila e Hanói.

Actualmente, o voo da Emirates para Luanda é operado por um Boeing 777-300ER, dividido em três classes e com uma capacidade de 360 passageiros. Sendo oito em Primeira Classe, 42 na Classe Executiva e 310 na Classe Económica. A companhia conecta os passageiros que viajam de Luanda para mais de 150 destinos da sua extensa rede em 85 países, via Dubai.

Mais Lidas