Ver Angola

Economia

Transacções cambiais tornaram-se mais seguras e já são executadas sem restrições

As transacções cambiais tornaram-se mais seguras, sendo já realizadas sem restrições “nas transferências de dividendos daqueles que investem em Angola”.

:

A informação foi avançada esta Sexta-feira pelo Presidente da República, João Lourenço, durante a abertura da reunião plenária solene de abertura da 5.ª sessão legislativa da 4.ª legislatura da Assembleia Nacional.

"As transacções cambiais tornaram-se mais seguras e visíveis, não havendo por isso qualquer restrições nas transferências de dividendos daqueles que investem em Angola, um factor de grande importância para a melhoria do ambiente de negócios no mercado", afirmou.

As situações de tráfico de influência de acções discriminatórias e injustas foram rectificadas e suprimidas, prosseguiu o chefe de Estado, citado pela Angop.

Segundo João Lourenço, os meios da moeda externa produzidos com as actividades do sector petrolífero estão cada vez mais dispostos "ao serviço dos agentes económicos que precisam dos mesmos".

Indicou também que desde o ano passado, que a moeda nacional se tem mantido estável relativamente às moedas estrangeiras e considerou que essa valorização espelha melhorias das contas externas.

Falou ainda sobre a diferença entre a taxa de câmbio entre o mercado formal e informal, que se situa nos cerca de menos de 10 por cento. Um valor que, de acordo com o Presidente, é considerado um "avanço de elevada relevância no funcionamento do mercado cambial com reflexos importantes no funcionamento do resto da economia".