Ver Angola

Indústria

Fazenda Pérola do Kikuxi prevê aumentar produção de ovos para um milhão por dia

Depois de em Março a fazenda Pérola do Kikuxi ter visto a sua produção de ovos ter sido suspendida devido à pandemia de covid-19, a empresa prevê agora voltar a entrar no caminho certo. A fazenda - localizada em Viana, Luanda - estima, em Janeiro do próximo ano, produzir um milhão de ovos por dia.

: Mário Francisco/Angop
Mário Francisco/Angop  

As boas notícias não se ficam por aqui: a Peróla do Kikuxi prevê que em Abril de 2021 os números dupliquem, estimando uma produção de dois milhões de ovos por dia.

Os dados foram revelados esta Quarta-feira por Elizabeth Dias dos Santos, administradora da fazenda, que falava durante uma visita dos secretários de Estado da Economia e do Comércio à empresa.

A responsável disse, citada pela Angop, que a covid-19 levou a que a produção baixasse para os 600 mil ovos por dia.

Fez ainda saber que para conseguirem avançar com o aumento de produção terão de ser mobilizados novos investimentos, que deverão ser suportados pela banca. A empresa necessita de cerca de 80 milhões de dólares para aumentar a capacidade de produção, disse Elisabeth Dias dos Santos, revelando que esta aposta permitirá criar cerca de 3000 postos de trabalho.

Já o secretário de Estado da Economia aplaudiu o investimento que a empresa tem feito e explicou que o Ministério da Economia e Planeamento criou uma política através da banca que visa ajudar os empresários que queiram fomentar a produção nacional.

O secretário de Estado do Comércio também se mostrou satisfeito com o trabalho até então desenvolvido pela fazenda.

A fazenda foi criada em 1997, é composta por um matadouro e uma fábrica de rações, empregando cerca de 545 pessoas.