Ver Angola

Energia

Nova unidade da Refinaria de Luanda deverá ficar concluída em 2022

A construção da nova unidade da Refinaria de Luanda deverá ficar concluída em 2022. A empreitada, que vai permitir aumentar a produção de gasolina no país de 72 mil toneladas para 450 mil por ano, já se encontra executada em 36 por cento.

:

A obra, avaliada em 235 milhões de dólares, teve início no segundo semestre do ano passado. Numa fase inicial foram construídas as bases para se instalar e montar as estruturas metálicas. A última fase da empreitada vai englobar a instalação de equipamentos.

A unidade vai ajudar o país a aumentar a produção nacional e, consequentemente, fazer com que  o número de importações de combustível diminua. Assim, Angola será capaz de quadruplicar a produção de gasolina: a capacidade de produção de gasolina da refinaria vai passar de 72 mil toneladas para 450 mil por ano. Um aumento que representa uma poupança de 200 milhões de dólares aos cofres do Estado, refere a Angop.

Igor Francisco, director da Refinaria de Luanda, destacou o facto de a nova unidade permitir aumentar em 30 por cento a produção de gás e indicou que esta nova unidade vai ainda possibilitar a criação de 800 novos postos de trabalho indirectos.

A refinaria que se encontra actualmente em funcionamento deverá ser desactivada para ser reabilitada.

Igor Francisco adiantou ainda que a manutenção feita na infra-estrutura actual permitiu ao país deixar de importar JET A1, usado em aviões. Esta auto-suficiência permitiu ao Estado poupar cerca de 250 milhões de dólares.

Relacionado