Ver Angola

Economia

Remessas dos portugueses em Angola sobem 66,7 por cento em Agosto

As remessas dos emigrantes portugueses em Angola subiram 66,7 por cento em Agosto, para 17,06 milhões de euros, contrariando a descida do valor global mundial, que caiu 3,5 por cento, para 291,3 milhões de euros.

:

De acordo com os dados do Banco de Portugal, disponibilizados no 'site', os portugueses a trabalhar em Angola enviaram para Portugal 17,06 milhões de euros, o que representa uma subida de 66,7 por cento face aos 10,23 milhões enviados em Agosto do ano passado.

Em sentido inverso, os angolanos a trabalhar em Portugal enviaram 650 mil euros em Agosto, o que representa uma quebra de 13,3 por cento face aos 750 mil euros enviados em Agosto do ano passado.

A variação nos valores das remessas dos trabalhadores portugueses em Angola influencia fortemente a evolução do valor dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), já que representa a grande maioria das verbas.

Assim, os portugueses a trabalhar nos países africanos lusófonos enviaram 17,72 milhões de euros em Agosto, o que representa uma subida de 63,3 por cento face aos 10,85 milhões enviados em Agosto de 2019.

No total mundial, as remessas da diáspora portuguesa caíram 3,5 por cento, passando de 302 milhões de euros em Agosto do ano passado para 291,3 milhões, este ano.