Circulação de longo curso no comboio de Luanda suspensa mais uma semana

A circulação de longo curso do Caminho de Ferro de Luanda (CFL) vai ficar suspensa pelo menos até 04 de Janeiro, na sequência do descarrilamento de um vagão de carga na província do Cuanza Norte.
:
  

A informação foi prestada hoje à Lusa pelo CFL, confirmando que a circulação ferroviária, de carga e passageiros, entre Luanda e a província de Malange (longo curso) continuará suspensa, o que já acontece desde 23 de Dezembro. Na altura, o último veículo da composição do comboio descarrilou na chegada à estação do Luinha.

"O CFL vem informar que estão temporariamente suspensos os comboios de passageiros e mercadoria para Malange até ao dia 04 de Janeiro de 2016", lê-se na informação enviada hoje à Lusa.

A empresa acrescenta que está "a desenvolver todos os esforços no sentido de serem repostas as condições de circulação ao nível de todo o troço para retomar rapidamente o cumprimento do horário que semanalmente mantém, no mais curto espaço de tempo".

O CFL liga o centro da capital angolana, Luanda a Malange, província no interior norte de Angola, num percurso de 428 quilómetros reabilitado em 2011 por empresas chinesas após o fim da guerra civil.

No primeiro semestre do ano que agora termina, foram transportados pelo CFL numa média diária, mais de 10 mil passageiros e praticamente o equivalente às mercadorias durante todo o ano anterior.

Mais Lidas