Ver Angola

Transportes

TAAG assegura que reembolsos de voos cancelados estão a ser cumpridos

Carlos Vicente, porta-voz da TAAG, afirmou que o reembolso do valor dos bilhetes dos passageiros impedidos de viajar devido à covid-19 está a ser cumprido, independentemente do peso que as devoluções têm causado nas contas da companhia.

:

Admitindo que as devoluções tem provocado "um peso substancial para a tesouraria" da transportadora aérea, o responsável sublinhou que a empresa de bandeira tem cumprido os seus compromissos e feito chegar os reembolsos aos seus clientes.

"As companhias aéreas não conseguiram prever o impacto da pandemia da covid-19 na sua gestão, assim como o montante para reembolsos na dimensão que o momento actual exige, na medida em que estamos perante uma situação completamente nova e inesperada. Contudo, a empresa tem respondido gradualmente às solicitações, de acordo com a disponibilidade de tesouraria", disse, em entrevista à Angop.

De acordo com o responsável nesta situação excepcional nenhuma companhia aérea é capaz de "satisfazer esta exigência na sua plenitude". "Ainda assim, a TAAG tem procurado encontrar a melhor solução para a resolução destes embaraços e honrar os seus compromissos para com os seus passageiros", afirmou.

Carlos Vicente indicou que o processo de reembolso teve início depois de ter sido declarado o estado de emergência, a 26 de Março, e explicou que as representações da TAAG fora de Angola "têm autonomia para fazer o reembolso dos bilhetes adquiridos no exterior".

Para conseguir cumprir "os seus compromissos para com os seus passageiros" a TAAG procedeu à criação de e-mails corporativos que tinham como objectivo receber reclamações (taag.reclamacoes@flytaag.com) ou então pedidos de reembolso (reembolsos.rtrafego@flytaag.com). Esta estratégia teve como objectivo "garantir maior celeridade e evitar aglomerações de pessoas nas nossas instalações, em estreito cumprimento das normas sanitárias e procedimentos de biossegurança", adiantou.

Carlos Vicente explicou ainda que para os passageiros pedirem o reembolso deverão enviar para o e-mail acima referido uma cópia do bilhete válido e do passaporte. "Os reembolsos devem ser solicitados a partir do ponto partida, ou seja, do país onde adquiriu o bilhete de passagem", completou.

Os destinos "com o maior número de reembolsos solicitados são Lisboa e São Paulo", revelou, aproveitando para indicar que não têm existido constrangimentos nos processos de reembolso. "Os nossos clientes têm tido uma postura exemplar, que gostaríamos de aproveitar a oportunidade de louvar e agradecer", completou.

Relacionado