Ver Angola

Sociedade

Zeferino Fernandes, antigo campeão de motocross, dedica-se à reabilitação de pedonais com meios próprios

Há três anos que Zeferino Fernandes, ex-campeão provincial de Luanda de motocross, recupera pedonais em mau estado e tapa buracos por conta própria. Sem contar com apoios por parte das administrações municipais e distritais, Zeferino Fernandes afirma que não quer desistir dos trabalhos voluntários, que desenvolve por amor próprio.

:

Tudo começou em 2019, quando decidiu reabilitar a pedonal de Viana, na zona da Bela Vista.

Segundo escreve o Novo Jornal, a falta de degraus fazia com que as pessoas que por ali passavam tropeçassem, colocando em risco a segurança dos cidadãos. Ao notar a insegurança que aquele local tinha, Zeferino Fernandes decidiu reabilitar a zona.

Para levar o seu plano avante, Zeferino Fernandes, que é engenheiro de profissão, pediu ajuda a alguns amigos, que acabaram por arregaçar mangas e meter os degraus que faltavam.

Algum tempo depois, o responsável decidiu voltar aos projectos e tapar alguns buracos que pintavam diversas estradas da capital.

De passagem por Talatona, o ex-campeão de motocross bateu com o carro num buraco, tendo verificado que o mesmo acontecia a outros condutores.

"Olhei para o buraco e disse para mim mesmo que isto não pode continuar assim", revelou em declarações ao Novo Jornal.

Os trabalhos de solidariedade começaram a multiplicar-se e, em Dezembro de 2019, captaram a atenção do vice-Presidente Bornito de Sousa.

"O vice-Presidente da República disse-me apenas que o meu nome chegou ao Palácio Presidencial e que me chamou para me conhecer. Questionou-me por que razão nunca fui chamado pelas administrações ou pelo Governo Provincial de Luanda. Respondi não saber, visto que já tinha enviado várias cartas a pedir apoio e nunca fui recebido", elucidou.

Fez ainda saber que pediu apoio, recentemente, à antiga governadora de Luanda, Joana Lina, mas "lamentavelmente a mesma não respondeu".

Dono de uma serralharia, Zeferino Fernandes já recuperou voluntariamente 16 pedonais na capital.

Quanto a projectos futuros, o responsável anunciou que daqui a um mês pretende, com fundos próprios recuperar a pedonal da entrada da Centralidade do Sequela, no município de Cacuaco.

Aquela zona está estragada há cerca de um ano, depois de ter ocorrido um acidente entre dois camiões. Os danos nunca foram consertados por alegadas faltas de verbas, escreve o Novo Jornal.

"Essa pedonal está fora das bases de apoio, é necessário alugar uma grua para fazer os trabalhos porque há muitos atropelamentos", disse, acrescentando que há dois anos que solicita apoio ao Estado, mas que nunca o teve.

Sobre o material usado, o ex-campeão de motocross adianta que são os amigos que o ajudam: "Tenho amigos que recolhem material ferroso e sabem que faço essa actividade, há vezes que me dão ferros para esse fim".

Zeferino Fernandes entrou no universo do motocross com 20 anos e, sete anos depois, ganhou o seu primeiro título como campeão. Já em 2010, conquistou o seu primeiro prémio internacional e em 2017 deixou de praticar o desporto, dedicando-se agora à reabilitação de estradas e pedonais.