Ver Angola

Cultura

Morreu o músico angolano Carlos Burity

O músico angolano Carlos Burity morreu esta Quarta-feira em Luanda, vítima de doença prolongada, disse o director nacional da Cultura, Euclides da Lomba. O cantor já tinha estado internado há um mês e estava a recuperar em casa, mas começou a sentir-se “cansado e abatido” e teve de voltar à Clínica Girassol, em Luanda, onde acabou por morrer.

:

O cantor, de 67 anos, encontrava-se internado na Clínica Girassol, na capital. Foi, a par de Carlitos Vieira Dias e Bonga, um dos principais nomes do Novo Semba em Angola.

Iniciou a sua carreira no início dos anos 70 do século passado, e em 1974 gravou, com o Grupo Semba, uma selecção de temas angolanos que ficaram na história da música popular nacional.

Em 1983, Burity juntou-se ao "Canto Livre de Angola", um projecto do cantor brasileiro Martinho da Vila, que o levou ao Brasil com outros nomes importantes da música angolana e com quem integrou o agrupamento Semba Tropical, que viria a gravar um álbum de sucesso em Londres.

Depois de um longo período sem gravar, Burity ressurgiu com um êxito assinalável em 1991, com"Angolaritmo", lançando no ano seguinte "Carolina", "Massemba" em 1996, "Uanga" em 1998, "Zuela ó Kidi", em 2002, "Paxiiami", em 2006, e mais recentemente, "Malalanza", em 2010.

Relacionado