Ver Angola

Saúde

Covid-19: África com 6.543.882 infectados e 166.234 mortos desde início da pandemia

A pandemia de covid-19 atingiu os 6.543.882 infetados em África, dos quais 5.761.284 recuperaram da doença, e provocou 166.234 mortos, de acordo com os dados oficiais mais recentes.

:

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), a África Austral continua a ser a região mais afectada do continente, com 3.147.190 infectados e 86,293 mortes associadas à covid-10.

Nesta região, só a África do Sul contabiliza 2.391.223 infectados e 70,338 mortes.

O Norte de África, que sucede à África Austral nos números da covid-19, atingiu os 1.882.294 casos e 53.287 óbitos associados à doença.

A África Oriental contabiliza 788.757 infecções e 16,727 mortos e a região da África Ocidental regista 522.316 infecções e 6790 mortes.

A África Central é a região do continente com menos casos de infecção e de mortes: 203.325 casos e 3.137 óbitos, respectivamente.

A Tunísia, o segundo país africano com mais vítimas mortais a seguir à África do Sul, regista 19.027 óbitos e 578.962 casos, seguindo-se o Egipto, com 16.498 mortes e 284.090 infectados, e Marrocos, que contabiliza o segundo maior número de infecções em todo o continente, 588.448 casos, mas menos mortes do que os dois países anteriores, com 9638 óbitos associados à doença.

Entre os países mais afectados estão também a Etiópia, com 4374 vítimas mortais e 278.920 infecções, e a Argélia, com 4112 óbitos e 165.204 infectados.

Em relação aos países de língua oficial portuguesa, Moçambique regista 1341 óbitos e 113.426 casos de infecção acumulados desde o início da pandemia e Angola contabiliza 944 mortes associadas à doença e 42.110 infectados acumulados.

Cabo Verde regista 298 mortes associadas à doença e 33.626 infecções, a Guiné Equatorial 123 óbitos e 8880 casos, a Guiné-Bissau contabiliza 74 mortos e 4281 infectados e São Tomé e Príncipe 37 óbitos e 2413 infecções.