Ver Angola

Economia

Investimento turco em Angola vale 200 milhões de dólares. PR quer atrair mais

Os investimentos turcos em Angola atingem actualmente 200 milhões de dólares, valor que o Presidente espera aumentar a médio prazo, apresentando o potencial do país esta Quarta-feira, no Fórum de Negócios Angola-Turquia.

:

João Lourenço, que se encontra em visita à Turquia para impulsionar as relações económicas dos dois países, espera cativar os investidores para sectores considerados prioritários, como indústria, minas, energia, turismo e transportes, além do comércio, onde Angola e Turquia têm já fortes ligações, refere uma nota da Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações de Angola (AIPEX).

Actualmente, os investimentos turcos em Angola estão direccionados sobretudo para a mineração e siderurgia e a balança comercial é desfavorável para o lado angolano.

Entre 2015 e 2020, Angola comprou à Turquia bens no valor de 1,7 mil milhões de dólares, enquanto as exportações angolanas para a Turquia não superaram os 42 milhões de dólares.

O Presidente vai fazer o discurso inaugural do Fórum de Negócios Angola-Turquia, no centro de conferências Ato Congresium de Ankara, Turquia, devendo focar-se nas oportunidades que o país oferece, políticas de apoio ao investimento privado e a diversificação da economia e as medidas que têm sido adoptadas para melhorar o ambiente de negócios.

Vão intervir também no evento, onde são esperados cerca de uma centena de representantes de empresas angolanas e turcas, o ministro do Comércio da Turquia, Ahmet Mus, o presidente do Conselho de Administração da AIPEX, António Henriques da Silva, e o presidente da organização congénere DEIK.

Nos últimos 18 anos, a Turquia aumentou consideravelmente a sua presença em África, passou de apenas 12 embaixadas e investimentos na ordem de 100 milhões de dólares em 2003 para 42 embaixadas e cerca de 6,5 mil milhões de dólares de investimento directo em 2021.

No período de 2003 a 2019, o comércio com África aumentou cerca de cinco vezes e 51 cidades africanas são agora servidas pela Turkish Airlines, que prevê iniciar ligações directas com Angola em breve, acrescenta ainda a AIPEX.

Relacionado