Ver Angola

Ambiente

Projecto para tornar o Rangel mais verde planta um milhar de árvores

Os jovens do Rangel decidiram tornar o distrito mais verde e, para isso, plantaram mais de 1000 árvores, no âmbito do projecto “Rangel sem plásticos e sucatas”. Os moradores do distrito mostraram-se satisfeitos com a iniciativa.

:

De acordo com o líder do projecto, Sebastião Silva, esta iniciativa pretende tornar o distrito do Rangel num espaço mais verde, assegurando assim a saúde e bem-estar dos moradores.

No fundo, a ideia deste projecto é "criar condições para que haja mais verde e menos lixo na comunidade", indicou o responsável.

Citado pelo Jornal de Angola, Sebastião Silva revelou que desde Março até agora foram plantadas cerca de 1500 árvores na Avenida Brasil, Senado da Câmara, Precol, Bieral e Terra Nova.

O responsável considera que as árvores são indispensáveis à vida humana, admitindo que quando se planta uma árvore "estamos a proteger a nossa saúde".

A escolha do tipo de árvores a colocar em cada zona está dependente da escolha dos moradores. Estes tanto podem preferir uma árvore que dê frutos ou uma que apenas faça sombra.

No entanto, revelou que as mulembeiras e acácias americanas são as mais solicitadas pelos moradores. Contudo, os jovens também estão a plantar figueiras, abacateiros, laranjeiras e mangueiras.

Sebastião Silva não exclui a hipótese de o projecto se expandir a outros municípios da capital, admitindo que este passo é um desafio.

A par do projecto de plantação de árvores, são ainda desenvolvidas campanhas de recolha de sucatas e plásticos no distrito do Rangel, que contam com o apoio da Fundação Obra Bela.

Sebastião Silva indicou que tanto as campanhas como o projecto contam com a ajuda de vários jovens voluntários, entre eles vários moradores.