Cabo Verde muda embaixador em Moçambique que passa a acumular com Angola

O Presidente da República de Cabo Verde promulgou a nomeação de Jorge Eduardo de Figueiredo como novo embaixador do país em Moçambique, função que passará a acumular com a de embaixador em Angola.
:
  

De acordo com o decreto presidencial 18/2019, de 19 de Julho e ao qual a Lusa teve hoje acesso, o Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, promulgou a nomeação, sob proposta feita pelo Governo de Cabo Verde, que indiciou Jorge Eduardo de Figueiredo, actual embaixador em Angola, como embaixador extraordinário e plenipotenciário em Moçambique, mas “com residência em Luanda”.

Num outro decreto, com a mesma data, o chefe de Estado de Cavo Verde promulgou, igualmente sob proposta do Governo cabo-verdiano, a decisão de dar “por finda” a comissão de serviço de Domingos Dias Pereira Mascarenhas, até agora embaixador extraordinário e plenipotenciário de Cabo Verde em Moçambique.

Entre outras funções de representação diplomática, Domingos Dias Pereira Mascarenhas já foi embaixador de Cabo Verde no Vaticano.

Mais Lidas