Kwanza continua a bater recordes face a euro e mantém mínimos frente ao dólar

A moeda nacional continua a depreciar-se face à europeia, iniciada na semana passada, renovando Segunda-feira os mínimos para 385,044 kwanzas/euro e mantendo-se no valor mais baixo de sempre face à norte-americana, 340,687 kwanzas/dólar.
:
  

Segundo os dados do Banco Nacional de Angola (BNA), o kwanza ultrapassou os 383,784 kwanzas/euros a que chegou na Sexta-feira passada, dia em que, em relação à norte-americana, atingiu mínimos de 340,687 kwanzas/dólar, valor que se mantém.

Na Quinta-feira, a moeda angolana afundara-se já oito kwanzas em relação ao euro e cinco face ao dólar, mantendo uma trajectória depreciativa desde o início dessa semana.

Quarta-feira, o kwanza já renovara mínimos face ao euro, atingindo dos 372,933 kwanzas, tendo, Quinta-feira, começado a transaccionar-se de manhã nos 378,498 kwanzas e, no final da sessão, nos 380,224 kwanzas, acabando Sexta-feira por fixar-se nos 383,784 kwanzas.

Em relação ao dólar, Quarta-feira começou por valer 333,271 kwanzas, renovando já aí os mínimos, para, na manhã de Quinta-feira, depreciar-se para 335,459 kwanzas e, no final da sessão, se situar nos 338,368 kwanzas, fechando a semana nos 340,687 kwanzas.

Com os novos mínimos, e desde 9 de Janeiro de 2018, quando as autoridades de Luanda puseram termo à taxa de câmbio fixa e começaram a vender aos bancos comerciais as divisas em leilão, primeiro tri-semanais e actualmente diárias, o kwanza já se depreciou 51,849 pro cento face ao euro e 51,298 por cento em relação ao dólar.

Segunda-feira, no mercado paralelo, o euro transaccionava-se entre os 520 e 540 kwanzas, enquanto o dólar se situava entre os 440 e 460.

Mais Lidas