Ver Angola

Saúde

Covid-19: país inicia administração da segunda dose da vacina. Internados triplicam nas últimas semanas

Arrancou esta Segunda-feira a segunda fase do processo de vacinação contra a covid-19, que passa pela administração da segunda dose da vacina aos cidadãos já imunizados com a primeira toma.

:

A informação foi avançada pelo secretário de Estado para a Saúde Pública, Franco Mufinda. Todos os cidadãos que tomaram a primeira dose da vacina contra a covid-19 entre 2 e 15 de Março serão agora convocados para a segunda e última toma, através de mensagem telefónica ou e-mail.

Os vacinados deverão dirigir-se aos locais onde lhes foi administrada a primeira dose, apresentando o cartão de vacina e um impresso com um código de barras, fornecido aquando da primeira toma. O objectivo é a celeridade do processo.

Até ao momento, foram vacinadas 524.298 pessoas desde o início da campanha.

Número de doentes internados triplicou nas últimas três semanas

As unidades de tratamento à covid-19 no país registaram um "crescimento vertiginoso" de pacientes, com novas entradas, juntando-se ainda o agravamento do estado de saúde de pacientes previamente internados.

A informação foi avançada pelo Governo, na sua página, que culpa este aumento com o "incumprimento das medidas de biossegurança".

Nos cuidados intensivos, desde o dia 9 de Abril, registou-se um aumento acima dos 50 por cento de casos graves, tendo diminuído a taxa de recuperação para os 3.6 por cento.

Ainda de acordo com o secretário de Estado para a Saúde Pública, em Luanda, as localidades mais afectadas são Belas, Cacuaco, Cazenga, Kilamba Kiaxi, Maianga, Ingombota, Rangel, Talatona, Samba, Sambizanga e Viana.

Relacionado