Ver Angola

Desporto

Estádio 11 de Novembro autorizado pela CAF a acolher competições internacionais

Após uma inspecção de especialistas da Confederação Africana de Futebol (CAF), o Estádio 11 de Novembro, em Luanda, faz parte do leque de locais autorizados a albergar jogos internacionais de competições promovidas pela organização.

:

No caso de Angola, só a infra-estrutura, com capacidade para 50 mil pessoas e construída para o Campeonato das Nações de 2010, está autorizada a acolher este tipo de partidas.

Pelo contrário, considerados sem condições, estão os estádios oficiais das selecções do Senegal, Burkina Faso, Malawi, Mali, República Centro Africana, Burundi, Eritreia, Tchad, Gâmbia, Lesotho, Serra Leoa, Somália e Namíbia, refere a Angop.

Desta forma, as selecções nacionais cujos estádios não foram aprovados por falta de condições técnicas para acolher os jogos, neste caso de apuramento para o Campeonato do Mundo de 2022, no Qatar, terão de disputar os desafios fora de casa.

De acordo com uma fonte da Federação Angolana de Futebol, que confirmou que o Estádio 11 de Novembro será o único no país considerado "apto" pela CAF,o aval positivo deve-se ao cumprimento de orientações dadas em 2020 durante a visita de inspectores do organismo. Foram implementadas melhorias na iluminação, balneários, tribuna de imprensa e na qualidade do relvado.

Segundo a Angop, à luz destas evidências, será provável que alguns países solicitem o estádio nacional como alternativa para os seus jogos de apuramento, sendo que a Namíbia terá já demonstrado interesse.

O Estádio 11 de Novembro localiza-se no distrito urbano do Camama, no município de Talatona, província de Luanda. Foi construído em 2010 para acolher nove jogos do Campeonato Africano das Nações desse mesmo ano, incluindo a final.

Angola possui ainda outros recintos desportivos, com destaque para o da Tundavala (Huíla), Chiazi (Cabinda) e Ombaka (Benguela), também todos construídos em 2010.