Ver Angola

Economia

BNA vai abrir plataforma de negociação de divisas a empresas de diamantes e ao Tesouro

O Banco Nacional de Angola anunciou esta Segunda-feira que a plataforma de negociação de moeda estrangeira (FXGO) conta já com 23 bancos e oito empresas do sector de petróleo e vai abrir-se às companhias de diamantes e ao Tesouro Nacional.

:

A plataforma eletrónica FXGO, contratada à Bloomberg, possibilita a negociação em tempo real entre vendedores e compradores de moeda estrangeira, sendo as taxas de câmbio livremente negociadas entre as partes, permitindo que a parte que inicia a compra ou venda de moeda estrangeira possa ter acesso a ofertas de várias contrapartes ao mesmo tempo e escolher a melhor.

O Banco Nacional de Angola (BNA) decidiu que as primeiras entidades a negociar as suas operações através desta plataforma seriam os bancos comerciais nas suas operações interbancárias e as empresas do setor de petróleo e gás nas vendas de moeda estrangeira.

Nesse sentido, aderiram à FXGO, desde 30 de Março, 23 bancos nacionais e oito empresas do sector de petróleo e gás com actividade em Angola.

Em breve, o BNA pretende dar sequência ao processo e publicar regulamentação para que as empresas com atividade no sector diamantífero possam também negociar as suas operações cambiais através da referida plataforma.

Pretende-se ainda que empresas de grande dimensão com necessidades de compra de moeda estrangeira, como, por exemplo, empresas de navegação aérea, passem a aceder à plataforma FXGO para negociar as suas operações cambiais, acrescenta o regulador.

Está também em curso o processo de adesão à plataforma pelo Tesouro Nacional, permitindo que as suas vendas de moeda estrangeira sejam também negociadas directamente com os bancos comerciais através da referida plataforma.

A plataforma publica as taxas de câmbio de mercado actualizadas em tempo real, com base nas transações realizadas através do sistema e outra informação relevante recolhida.

O acesso à plataforma depende da subscrição do serviço junto da Bloomberg e é restrito a entidades autorizadas pelo BNA a negociar operações cambiais de pares de moedas que incluem o kwanza.

"Concluída a adesão das entidades acima referidas à plataforma FXGO, estarão reunidas as condições para o Banco Nacional de Angola deixar de realizar leilões de vendas de moeda estrangeira, intervindo apenas no mercado cambial através da referida plataforma, comprando ou vendendo moeda estrangeira, conforme o caso, para efeitos de reforço ou redução das reservas internacionais ou de correção da taxa de câmbio", adianta o banco central angolano.