Angola acorda supressão de vistos com a vizinha Zâmbia

A Zâmbia será o próximo país a suprimir, com Angola, a obrigatoriedade de visto em passaportes ordinários de cidadãos dos dois países, através de um acordo a rubricar durante a visita de Estado do Presidente João Lourenço, que arranca esta Quarta-feira.
:
  

A informação consta de uma nota da Casa Civil do Presidente da República, João Lourenço, dando conta da visita de dois dias que o chefe de Estado angolano realiza a Lusaka, capital da vizinha Zâmbia.

De acordo com a mesma nota, o programa da visita do Presidente prevê conversações bilaterais na manhã de Quarta-feira, no fim das quais deverão ser assinados acordos nos domínios do Turismo, da supressão de vistos em passaportes ordinários, diplomáticos e de serviço.

O Governo tinha já anunciado esta semana um acordo de supressão de vistos em passaportes ordinários com Cabo Verde, que se junta a outros já fechados e em vigor pela parte angolana, nomeadamente com a África do Sul, Moçambique, Botsuana, Ilhas Maurícias, Seicheles, Zimbabué e Singapura, para turistas.

Nesta visita de Estado, os dois Governos deverão assinar acordos para assegurar a cooperação e assistência mútua administrativa em matéria aduaneira, de segurança e ordem pública e um protocolo de cooperação no domínio da Agricultura.

"A visita do Presidente João Lourenço à Zâmbia será também marcada pela realização de um fórum empresarial, evento no qual o estadista discursará para a plateia constituída por homens de negócios da Zâmbia e de Angola", sublinha a Casa Civil.

Ainda na Quarta-feira, o chefe de Estado angolano reúne-se com a comunidade angolana radicada na Zâmbia, e tem prevista uma visita de cortesia ao primeiro Presidente zambiano, Keneth Kaunda.

Na Quinta-feira, o Presidente segue de Lusaka para Windhoek, realizando uma visita de Estado à vizinha Namíbia, regressando a Luanda apenas no Sábado.

Mais Lidas