Ver Angola

Desporto

Sagrada Esperança perde e deixa Angola sem representantes nas taças africanas

Angola deixou de contar com equipas nas taças africanas de futebol, depois da eliminação, em casa, da formação do Sagrada Esperança, da Lunda Norte, frente ao Young African, da Tanzânia.

Luigi Bennett/BackpagePix:

A equipa 'diamantífera' era a última representante angolana nas competições internacionais do continente africano e tentava em casa inverter o resultado negativo de 2-0 que trouxe do jogo da primeira mão, em Dar-es-Salam, para poder aceder à fase de grupos da Taça da Confederação Africana de Futebol (CAF).

A jogar no Dundo, interior norte de Angola, a formação do Sagrada Esperança até entrou bem, marcando a meio da primeira parte pela estrela da equipa, Love Cabungula.

Em cima dos 89 minutos, a equipa da casa ainda beneficiou da marcação de uma grande penalidade, que o mesmo Love Cabungula, na tentativa de conversão, não aproveitou, o que daria o empate na eliminatória.

O Young Africans segue em frente na competição (total de 2-1), que disputa depois de ter sido afastado das eliminatórias da liga dos clubes campeões africanos, na qual tem presença assídua.

A equipa do Sagrada Esperança foi finalista vencida da Taça de Angola de 2015, tendo substituído o Bravos do Maquis, vencedor da competição, na 13.ª edição da Taça CAF, face às dificuldades financeiras do clube do Moxico.