Ver Angola

Economia

Esforço de diversificação económica angolana em destaque no The New York Times

A imprensa internacional vai estando atenta aos avanços económicos e sociais de Angola, sendo que desta vez foi o conceituado jornal norte-americano New York Times a publicar um artigo em que destaca a diversificação crescente da economia angolana.

<a href='http://www.angolaimagebank.com' target='_blank'>Angola Image Bank</a>:

Considerando Angola como “um farol para as outras nações de África Subsaariana”, o título internacional enaltece a política de diversificação da economia que tem vindo a ser levada a cabo pelo Executivo angolano.

“Angola: Diversificação da Economia” destaca José Eduardo dos Santos e o trabalho que o Presidente de Angola tem realizado desde 2012, levando a cabo importantes incursões no desenvolvimento de infra-estruturas, assim como tendo posto em prática políticas fiscais eficazes que são ideais para o clima de negócios.

Em nota de imprensa do Ministério das Relações Exteriores, citada pela Angop, estas políticas fiscais têm sido introduzidas de forma a estabilizar a economia e o sector de investimento público, tornando-se num mecanismo primário para transformar as receitas do sector de recursos em bens públicos valiosos para apoiar a diversificação da economia e o crescimento inclusivo.

“A sustentabilidade do nosso desenvolvimento pressupõe a necessidade de reduzir a dependência actual da nossa economia no petróleo (…) A actividade da diversificação económica e produção, em particular, é, uma tarefa urgente e premente, que determina o nosso futuro e mais efectiva a independência nacional. O grande desafio que todos enfrentamos é a fase do crescimento, e o que definimos como uma estratégia à realização de um crescimento sustentado por muitos anos: reabilitação, modernização e desenvolvimento de infra-estrutura económica e social; promoção e realização de investimento em qualificação e formação público-privada, bem como gestão adequada de recursos humanos; adopção de uma política de trabalho e remuneração objectiva" é uma das partes do artigo publicado no New York Times, que cita José Eduardo dos Santos.

A publicação americana, com um dos maiores destaque a nível mundial no sector da imprensa, refere-se a Angola como o segundo maior produtor de petróleo do continente africano e como um país cuja economia tem alcançado níveis bastante altos, apesar da queda dos preços internacionais do crude. Sublinha ainda o papel importante do Banco de Desenvolvimento da Angola (BDA) e os resultados positivos da implementação do Plano Nacional Desenvolvimento (PND 2013 – 2017) do Executivo.