Ver Angola

Sociedade

Kilamba vandalizado deixa sete mil pessoas sem luz

São 1940 as famílias que estão sem luz desde Terça-feira depois de 32 edifícios do Distrito Urbano do Kilamba terem sido vandalizados. O ministro da Energia e Águas visitou o local e apelou à brevidade da resolução do problema de abastecimento energético.

:

Até ao momento ainda não se sabe quem terão sido os responsáveis pelos actos de vandalismo. Contudo, de acordo com o Jornal de Angola, cerca de 7000 pessoas foram afectadas. De acordo com a mesma publicação, os actos de vandalismo afectaram toda a rede de fornecimento de energia.

Esta Terça-feira, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, visitou o local. Na visita esteve também presente o secretário de Estado da Energia. 

De acordo com o mesmo jornal, o visitante, que esteve a analisar os estragos, encontrou-se com vários moradores do Kilamba, tendo deixado um apelo: que estes actos passassem a ser denunciados para que sejam erradicados de vez.

Admitindo que esta situação vai causar prejuízos na ordem dos milhões de kwanzas à Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE-EP), o governante concluiu pedindo para que a mesma seja breve na reposição do serviço e para que esteja atenta a qualquer situação suspeita.