TV Cabo investe mais de 20 milhões de dólares para levar Internet à província

O Banco Europeu de Investimento (BEI) vai financiar com mais de 20 milhões de dólares um projecto da TV Cabo Angola para disponibilizar acesso à Internet de alta velocidade em várias cidades angolanas, conforme acordo fechado hoje no Luxemburgo.
:
  

Segundo informação enviada à Lusa, em Luanda, pelo banco detido pelos estados-membros da União Europeia, trata-se de um empréstimo de longo prazo, o segundo concedido desde 2006 pelo BEI à TV Cabo Angola, empresa participada pelo grupo português Visabeira Global.

Depois de instalada, a nova rede vai permitir o acesso de escolas, hospitais, Organizações Não Governamentais, departamentos públicos e clientes privados a "serviços avançados de telecomunicações e Internet", explica a mesma nota.

O empréstimo visa financiar um projecto para fornecer Internet de alta velocidade a clientes privados, empresas e administração pública, através do alargamento da rede em Luanda, Benguela e Lobito, e da instalação de uma nova rede de fibra óptica nas cidades de Lubango, Huambo, Cabinda e Soyo.

"As novas ligações não vão servir apenas para aumentar as conexões entre Angola e o resto do mundo, mas também vão fornecer novas oportunidades para negócios e utilizadores privados, além de melhorar o sector dos serviços públicos", admite Pim van Ballekom, vice-presidente do BEI, citado na informação enviada à Lusa.

Já a presidente da TV Cabo Angola, o único operador de conteúdos e dados (televisão, Internet e voz) por cabo do país, afirma tratar-se de um empréstimo que demonstra a "confiança" da instituição neste projecto. Naiole dos Santos Guedes assegura que a actividade da empresa tem permitido fomentar a "sociedade da informação" em Angola, além da criação de "empregos qualificados" e do apoio ao desenvolvimento do país.

Mais Lidas

:
Rotinas