Ver Angola

Saúde

Autoridades investigam origem de falsos rumores sobre alegados casos positivos

As autoridades nacionais estão a investigar a origem de uma falsa informação relativa à existência de casos positivos do novo coronavírus, anunciou o Ministério da Saúde (Minsa), acrescentando que os testes feitos até ao momento tiveram resultados negativos.

:

"As informações que circulam nas redes sociais sobre a existência de um caso positivo em Angola não condizem com a verdade. Retomam uma falsa fonte que já está a ser investigada pelos órgãos competentes de investigação criminal", lê-se numa nota do gabinete de comunicação e imprensa do Minsa.

Na Quinta-feira, a rádio Voice of America noticiou a detenção de uma médica angolana, em Benguela, por ter divulgado na plataforma digital Whatsapp um áudio sobre um alegado caso positivo de coronavírus relativo a um cidadão chinês internado no Hospital Geral de Benguela, o que foi descartado pelas autoridades sanitárias.