Ver Angola

Política

João Lourenço quer priorizar formação jovem que deverá ser garantia de emprego

O Presidente da República, João Lourenço, empossou esta Quarta-feira os novos membros do Governo. Durante a cerimónia, incitou o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social a prestar particular atenção à formação jovem, recordando a necessidade de garantia do emprego.

:

Durante a manhã desta Quarta-feira, em Luanda, tomaram posse os novos ministros da Administração Pública, Trabalho e Segurança Soial – Teresa Rodrigues Dias, da Educação – Luísa Grilo, e do Comércio – Victor dos Santos Fernandes.

Foi ainda dada posse ao secretário de Estado para o Trabalho e Segurança Social, Pedro José Filipe, e à embaixadora de Angola em Cuba, Maria Cândida Pereira Teixeira.

Na sessão, João Lourenço terá chamado a atenção dos novos membros estatais, mais concretamente à nova ministra do Trabalho, para a necessidade de garantia de formação e emprego para os mais jovens. “Com garantia de emprego para a camada jovem, podemos esperar que parte deles, uma vez preparados e formados, possam ser também pequenos empregadores”, afirmou o Presidente, citado pela Angop.

No que diz respeito à Educação, o titular do Poder Executivo aconselhou os quadros da área a trabalharem no sentido de melhorar a qualidade do ensino no país, dando especial destaque à Língua Portuguesa. Referiu o défice no domínio da língua por parte dos estudantes, defendendo um aumento de exigência no sistema de ensino.

Em relação ao comércio, o Presidente defendeu que o país necessita de estimular a produção interna, sendo preciso um “casamento perfeito” entre o sector comercial e o produtivo. “O comércio tem de estar perfeitamente alinhado àqueles que produzem bens e serviços no país”, afirmou João Lourenço.

O chefe de Estado referiu igualmente a necessidade de o Ministério do Comércio reduzir a importação de bens que possam ser produzidos localmente.

Relacionado