Ver Angola

Desporto

Covid-19: Federação diz que “ainda não se justifica” suspender o Girabola

A Federação Angolana de Futebol (FAF) disse esta Terça-feira que "ainda não se justifica" a suspensão dos jogos do campeonato nacional e a restrição de aglomeração de adeptos devido à pandemia de Covid-19, referindo estar atenta às instruções das autoridades.

:

Em declarações proferidas esta Terça-feira à agência Lusa, o director do conselho técnico da FAF, Geremias Simão, considerou "prematura" a suspensão das competições como o Girabola sem orientações das autoridades governamentais nesse sentido, observando que Angola ainda não registou qualquer caso confirmado.

"Até ao momento, pelo que temos conhecimento, não foi registado qualquer caso em Angola, daí que não foi ainda proibido, como tal, a realização de actividades, portanto, quando isso surgir e se surgir, aí sim tomaremos algumas medidas", afirmou o responsável.

Para o dirigente da FAF, a instituição "não deve adiantar-se em suspender já as competições", por si organizadas, porque isso "seria prematuro", não havendo "indicações ou orientações das autoridades nesse sentido".

O campeonato angolano de futebol, coliderado pelo 1.º de Agosto, tetracampeão em título, e o Petro de Luanda, vice-campeão das últimas quatro temperadas, ambos com 51 pontos, continua a ser disputado e, no próximo fim-de-semana, entra para a 25.ª jornada.

Em disputa está também a Taça de Angola em futebol, que nesta Quarta-feira, regista o primeiro jogo das meias-finais.

Segundo Geremias Simão, a limitação do público nos estádios de futebol é uma questão a ser equacionada, em especial em partidas como um clássico entre 1.º de Agosto e Petro de Luanda.

"Aí, em que a moldura humana vai se fazer sentir consideravelmente, poderá justificar-se essa restrição, mas até lá é melhor não tomarmos ainda qualquer iniciativa", concluiu.

Relacionado