João Lourenço “profundamente consternado” com “trágico acidente” de avião da Ethiopian Airlines

O Presidente João Lourenço afirmou ter recebido a notícia do "trágico acidente" com o avião da Ethiopian Airlines com "profunda consternação". O acidente causou no Domingo a morte das 157 pessoas a bordo.
:
  

Num comunicado da Casa Civil da Presidência da República, João Lourenço adianta ter endereçado uma mensagem de condolências ao primeiro-ministro etíope, Abiy Ahmed Ali, em que expressa solidariedade ao povo etíope e aos familiares de todas as vítimas.

"Tomei conhecimento, com a mais profunda consternação, do trágico acidente aéreo de um avião da Ethiopian Airlines, do qual resultou a morte de todos os ocupantes da aeronave que os transportava de Adis Abeba com destino a Nairobi", lê-se na mensagem.

O Boeing 737-800 da companhia Ethiopian Airlines, que fazia a ligação entre Adis Abeba e Nairobi, no Quénia, despenhou-se no Domingo com 157 pessoas a bordo seis minutos após a descolagem, perto da cidade de Bishoftu, a 62 quilómetros de Adis Abeba.

As causas deste acidente do modelo Boeing 737-800 são ainda desconhecidas, tendo já sido encontradas as "caixas negras" do aparelho.

Mais Lidas