Ver Angola

Cultura

“O Vendedor de Passados”: adaptação de livro de Agualusa estreia no cinema em Maio

A cultura angolana chega aos cinemas brasileiros já no próximo dia 21 de Maio, com uma readaptação cinematográfica do livro “O Vendedor de Passados”, de José Eduardo Agualusa.

:

Com realização de Lula Burque de Holanda, Lázaro Ramos e Alinne Moraes nos principais papéis, esta é uma produção da Conspiração Filmes. Nomes como Odilon Wagner, Mayana Veiga e Anderson Muller fazem também parte do elenco. O orçamento de produção rondou os 1,7 milhões de dólares.

Apesar de o lançamento público estar marcado para 21 de Maio, a longa-metragem foi já apresentada em Fevereiro, numa sessão privada no Rio de Janeiro. A história passa-se em torno de Vicente, um vendedor de passados que cria documentos, fotos e outros indícios necessários para reescrever as histórias dos seus clientes.

O livro “O Vendedor de Passados”, editado em 2004, foi uma das obras mais acladas de José Eduardo Agualusa pela crítica. Dóris Graças Dias escreveu no Expresso que “o que aqui temos (lemos) é um belo livro, despojado de intencionalidades dirigidas, demonstrando a eficácia de uma tal opção. Encontrar uma boa metáfora para dizer a vida é uma felicidade; envolvê-la com uma narrativa límpida e despretensiosa, um alegria; suspender até ao limite do narrado um desfecho, uma glória. Entregá-lo assim, feiro, a um público leitor, uma simpatia".

Já Susana Moreira Marques, frisou, no jornal Público que "o livro de José Eduardo Agualusa é um retrato irónico da sociedade angolana, é sobre 'o que é a verdade e o que é a mentira', como explica o autor, é sobre a memória, essa entidade mutável, e literatura, também numa homenagem a Jorge Luís Borges. Mas, mais importante que a história ou as histórias que contém, o livro está cheio desses momentos que nos fazem levantar os olhos das páginas antes de continuar. São essas as ideias que ficam retidas no leitor".