Ver Angola

Energia

Sul-coreanos prontos para investir dois mil milhões em central de energia

A Associação de Desenvolvimento Económico África-Coreia (AKEDA) vai financiar a construção de uma central eléctrica na província de Benguela. Os custos da infra-estrutura ascendem aos dois mil milhões de dólares.

:

A informação foi avançada pelo secretário-geral da associação, Chung-Siwod, à margem da assinatura de um memorando de investimento entre a AKEDA e a AIPEX (Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações).

De acordo com o responsável, o valor de dois mil milhões de dólares para o financiamento de uma central de energia na província de Benguela faz parte de um montante global que a associação prevê mobilizar. 

Serão então cinco mil milhões de dólares que a Associação de Desenvolvimento Económico África-Coreia poderá investir em Angola, sendo que Chung-Siwod admitiu existir particular interesse dos investidores na área da energia, refinação petrolífera, agro-exploração e pequenas e médias empresas. 

“A AKEDA encontra-se representada em 39 países africanos. Temos particular interesse em trabalhar com as autoridades angolanas porque Angola se encontra localizada numa região estratégica da África e tem uma economia com futuro promissor”, disse o responsável, citado pela Angop.

Com a assinatura do memorando, as partes acordaram em tomar as medidas necessárias de forma a facilitar as ligações comerciais entre Angola e a Coreia do Sul, dando conta de projectos potenciais, legislações nacionais sobre investimentos, e fornecendo informações sobre impostos, alfândegas e concessões.