Hospital Geral de Luanda já testa equipamentos e forma técnicos. Abertura marcada para Abril

O Hospital Geral de Luanda, construído por empresas chinesas e que deverá ser inaugurado em Abril próximo, foi esta sexta-feira entregue provisoriamente para se iniciarem os testes dos equipamentos e a formação dos técnicos.
:
  

Inicialmente construído em 2006, o hospital começou a ser reconstruido em Abril de 2012, depois de detectados problemas na estrutura. Um acordo entre os Governos de Angola e da China formalizou a revisão do plano de construção do projecto de reabilitação, construção e ampliação da nova unidade, em substituição da edificada em 2006.

A obra foi entregue hoje provisoriamente ao Governo da Província de Luanda pelo embaixador chinês em Angola, Gao Kexiang. O edifício reabilitado é três vezes maior que o anterior, com capacidade para 300 camas e atendimento diário a 800 pacientes, com equipamentos tecnologicamente avançados fornecidos pela empresa chinesa Tianjin Machinery Import & Export Cooperation.

Em declarações à imprensa, a diretora provincial de Saúde, Rosa Bessa, disse que o hospital terá as especialidades de pediatria, maternidade, ortotraumatologia, cuidados intensivos, dermatologia, oftalmologia, fisioterapia, otorrinolaringologia, neurologia e laboratórios. Rosa Bessa explicou que nesta fase provisória, a infraestrutura e os equipamentos estão sob responsabilidade do Governo chinês, representado por uma técnica permanente na unidade hospitalar, para assegurar a manutenção do hospital e atender a qualquer problema com os meios médicos.

Mais Lidas