Ver Angola

Gastronomia

Angola é mercado estratégico na internacionalização dos vinhos da África do Sul

Oito produtores e mais de 90 referências de vinho de diversas castas, origens e regiões sul-africanas estiveram em destaque na edição de 2015 da Grande Prova de Vinhos, organizada em Luanda pelos Vinhos da África do Sul.

:

A presença em Angola da WOSA, organização sem fins lucrativos da indústria vinícola responsável pela exportação do vinho sul-africano para mercados internacionais chave, repartiu-se por três eventos, que decorreram de 11 a 13 de Fevereiro, na capital angolana, refere um comunicado remetido ao VerAngola.

Este ano, realizou-se o primeiro Curso de Introdução aos Vinhos Sul-Africanos em Angola, facultado pela Beverage Intelligence, que certificou 15 “Embaixadores dos Vinhos da África do Sul”. Esta acção, que decorreu no Hotel Epic Sana, teve a duração de um dia, estando já prevista a realização de uma nova edição em 2016. A já habitual Prova de Vinhos decorreu no dia 12, no restaurante Switch, num ambiente restrito, essencialmente direccionado ao universo do trade: importadores, distribuidores, profissionais de hotelaria e restauração. O Jantar Vínico, realizado no dia 13, no restaurante Chitaka, sob o lema “A harmonização do vinho sul-africano com a gastronomia angolana”, foi a última das três iniciativas, dirigida desta feita ao consumidor final e aos apreciadores de bom vinho.

Com o patrocínio oficial da South African Airlines, Turismo da África do Sul e Sun International, estes eventos tiveram como objectivo promover a riqueza e diversidade dos vinhos da África do Sul, bastante apreciados pelos consumidores angolanos, e apresentar as mais recentes novidades vínicas daquele país. DGB, Distell, Kaapzicht Wine State, Mountain River Wines, Origin Wine, Robertson Winery, uniWines Vineyards e Wellington Wines foram os produtores sul-africanos presentes na edição de 2015.

Para Matome Mbatha, director de marketing dos Vinhos da África do Sul responsável pelos mercados de África e Américas, “o propósito destes eventos foi sobretudo o de partilhar com os agentes económicos e os consumidores angolanos o que os vinhos da África do Sul têm para oferecer”, acrescentando que “Angola é considerado por nós como um mercado estratégico, um país com grande potencial.”

Os consumidores angolanos podem consultar a página do Facebook, especialmente criada para o mercado de Angola, onde encontram notícias, curiosidades e sugestões de vinho. Criada há cerca de um ano, a página do Facebook tem-se revelado uma excelente plataforma para dar a conhecer ao público angolano as mais recentes novidades vínicas.

Em 2014, os vinhos sul-africanos exportaram 5,5 milhões de litros de vinho engarrafado para Angola, prevendo a WOSA – Wines of South Africa um crescimento de 20 por cento para 2015. O grande campeão de vendas dos vinhos da África do Sul em Angola continua a ser o espumante. Contudo, para Matome Mbatha “tem-se verificado uma transição substancial para a procura de vinhos tintos. Consideramos que é um reflexo da sofisticação do consumidor angolano, cujo palato tem sido apurado ao longo dos últimos anos, devido à grande oferta vínica já existente no país.”