Ver Angola

Transportes

Novos voos de repatriamento nos planos do Governo

A informação foi avançada pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, que anunciou a possibilidade de repatriamento de cidadãos angolanos e de estrangeiros residentes em Angola da África do Sul, Portugal e Brasil.

:

O ministro, que falava no quadro do balanço dos voos de repatriamento, referiu que se espera uma avaliação da situação pelo Governo nos próximos dias. Sabe-se que, no que diz respeito a voos previamente agendados, existiram desistências de alguns passageiros por motivos vários.

Durante a operação de voos de repatriamento de cidadãos angolanos e estrangeiros residentes no país, a TAAG efectuou 38 voos para as cidades de Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul) e São Paulo (Brasil).

Segundo a Angop, ao longo deste processo foram testados um total de 6296 passageiros, transportados pela companhia de bandeira mas também pela TAP e por outras operadoras.

Destes, 16 testaram positivo à covid-19 durante o processo de testagem pós-desembarque no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro nos últimos sete dias.

Recorde-se que, para evitar a entrada de novas variantes do vírus no país, as autoridades suspenderam temporariamente as ligações aéreas, marítimas e terrestres com países como a África do Sul e o Reino Unido, impondo ainda a obrigatoriedade da testagem pós-desembarque a todos os passageiros.

Relacionado