Ver Angola

Economia

Dólar e euro sofrem pequena subida no mercado informal da capital

A moeda europeia e a americana sofreram uma pequena subida no mercado informal, comparativamente à semana passada: a nota de 100 dólares, esta Quinta-feira, estava a ser transaccionada a 77 mil kwanzas, enquanto na semana passada o seu valor era de 75 mil kwanzas.

:

Mesmo com as novas notas de kwanzas já em circulação, a moeda nacional continua a perder valor face às moedas estrangeiras no mercado informal. Segundo o Jornal de Angola – que visitou algumas zonas da capital onde são vendidas as moedas estrangeiras, especialmente o dólar e o euro – a desvalorização do kwanza e o aumento do valor comercial das moedas estrangeiras podem ser justificados com a escassez da moeda estrangeira face ao aumento da procura.

De acordo com o mesmo jornal, esta semana, a nota de 100 dólares estava a ser comercializada a 77 mil kwanzas, no bairro dos Mártires de Kifangondo, enquanto na semana passada estava a ser vendida por 75 mil kwanzas. Já o euro, na semana passada, estava a ser vendido a 89 mil kwanzas e esta semana o seu valor subiu para os 90 mil kwanzas.

Na zona do São Paulo o dólar está com uma taxa de câmbio de 76 mil kwanzas enquanto o valor do euro é de 89 mil kwanzas. Na Mutamba, a nota de 100 dólares está a ser vendida por 78 mil kwanzas e a 100 euros a 89 mil kwanzas.

O valor do câmbio no mercado formal é mais baixo do que no informal. No mercado oficial a nota de 100 dólares está a ser vendida a 65.322 kwanzas e 78,130 a de euros.

Contudo, a dificuldade de acesso às moedas estrangeiras, mesmo no mercado formal, tem levado os cidadãos a procurarem outras formas de cambiar a moeda, e, apesar do aumento dos preços, acabam por recorrer ao mercado informal.