Ver Angola

Sociedade

Luanda: atropelamento mata filho de Jonas Savimbi

Com apenas 27 anos, Loth Paulino Sakaita morreu esta Quarta-feira à noite - pelas 19h30 - em Luanda, vítima de atropelamento.

:

O filho do presidente e fundador da UNITA foi socorrido pela Polícia Nacional e levado, ainda com vida, para o Hospital Geral de Luanda, onde faleceu minutos depois do acidente.

A confirmação do falecimento de um dos filhos de Savimbi foi obtida pela Lusa junto do secretário-geral da UNITA, Álvaro Chicuamanga Daniel, tendo também existido confirmação por parte do secretário adjunto para a comunicação e marketing do partido, Emanuel Bianco.

O jovem saiu de casa - na Centralidade do Kilamba - na Quarta-feira à noite para ir comprar um bilhete/passagem numa das agências da transportadora Macon, situada no Golf II, quando foi atropelado mortalmente. Até agora, pelas informações disponíveis, nem o veículo nem o condutor terão sido identificados.

Em declarações à Lusa, o porta-voz da polícia em Luanda, Hermenegildo de Brito, fez saber que o motorista que conduzia em "excesso de velocidade pôs-se em fuga", decorrendo investigações em busca do infractor.

"Foi um atropelamento por volta das 19:30 de Quarta-feira, estava a fazer uma travessia e vinha um carro com excesso de velocidade e o atropelou, foi socorrido pelas forças policiais até ao Hospital Geral de Luanda onde veio a falecer horas depois", explicou.

Jonas Malheiro Savimbi, conhecido político e guerrilheiro angolano, liderou a UNITA durante mais de 30 anos, sendo pai de muitos filhos - o número rondará também os 30. Loth era fruto da sua relação com Ana Isabel Paulino e partilhava o nome do avô, pai de Jonas Savimbi.