Capricciosa: pizzas com nome angolano são história de sucesso na restauração nacional

A Pizzaria Capricciosa abriu em Luanda em 2009 com um conceito simples mas eficaz: proporcionar aos seus clientes pizza de qualidade, feita com ingredientes de qualidade, num ambiente confortável e agradável ou no conforto das suas próprias casas.
:
  

Foi na Maianga que a Capricciosa abriu o seu primeiro espaço. Alguns anos depois, abriu um maior no Chá de Caxinde, na Mutamba, contando agora com duas unidades. Entre 2009 e 2015, a pizzaria focou-se apenas na venda de pizzas e pouco mais. Mas em Maio de 2015, a Capricciosa iniciou um processo de renovação: acrescentou novas ofertas gastronómicas ao seu cardápio e, após seis anos de actividade, um novo logotipo.

A nova Capricciosa

Desde que o Luanda Nightlife iniciou os Prémios LNL em 2013, prémios estes que contam quase exclusivamente com a votação do público, que a Pizzaria Capricciosa tem ganho a categoria de Melhor Pizzaria do Ano. Mas não são simples vitórias – são vitórias expressivas, contundentes (55,6 por cento dos votos em 2014 e 50,5 por cento em 2013), que denotam a apreciação que o público luandense tem pelas pizzas italianas de nome angolano da Capricciosa. A Maquela do Zombo, a Kalandula, a Tundavala e tantas outras. Ou seja, nos dois anos de existência dos Prémios LNL, mais de metade dos nossos leitores elegeu a Capricciosa como tendo a melhor pizza da cidade.

E o que fez a Capricciosa em 2015? Em vez de relaxar, abastada, fruto da inquestionável aceitação do mercado, resolve adicionar novos itens ao seu menu, tirando um pouco o foco às pizzas, e dá a conhecer aos seus clientes alguns pratos e sabores clássicos italianos. Falamos, precisamente, das novas entradas, ou Stuzzichini em italiano, de saladas, a Lasagna, o Cannelloni, o Rondelle al Prosciutto e Funghi, e, no ramo das sobremesas, a Panna Cotta.

Ler Artigo Completo

Mais Lidas