Ver Angola

Comércio

Programas de apoio à produção receberam mais de uma centena de pedidos de crédito em cinco dias

Na semana de 21 a 25 de Junho, 105 novas solicitações de financiamento transitaram para a Banca, elevando para 95 projectos em negociação, no âmbito do Programa de Apoio à Produção, Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI) e do Programa de Reconversão da Economia Informal (PREI).

:

Dos 105 projectos, 72 estão alinhados ao Aviso 10/20 do Banco Nacional de Angola (BNA), 32 ao Programa de Apoio ao Crédito (PAC) e um projecto ao Decreto Presidencial 98/20 sobre bens de origem nacional, segundo o relatório do briefing bissemanal divulgado pelo Ministério da Economia e do Planeamento.

Desde 2019, os instrumentos e produtos financeiros ao dispor do PRODESI viabilizaram a aprovação de 795 projectos, com previsão para gerar aproximadamente 51 mil postos de trabalho.

Os projectos aprovados ascendem os 659,9 mil milhões de kwanzas, dos quais 499,9 mil milhões correspondente a 243 projectos aprovados no ano passado e 185,2 mil milhões para 40 projectos aprovados este ano ao abrigo do Aviso 10/20.

A linha de crédito do Deutsche Bank disponibilizou 82 mil milhões de kwanzas para três projectos em 2020, e 41,4 mil milhões foram gastos no âmbito Medidas de Alívio Económico. O PAC apoiou 21 projectos com 36,3 mil milhões kwanzas e outros instrumentos e produtos financeiros da banca comercial financiaram três projectos no valor global de 574 milhões de kwanzas.

Quanto à distribuição por sector, o relatório avança que desde 2019 foram aprovados 362 projectos para agricultura, comércio e distribuição 226, indústria transformadora 121, pecuária 32, aquicultura 24, pesca marítima 25 e pesca continental cinco.

A nível de cada província, 173 projectos foram aprovados em Luanda, Benguela 60, Huambo 58, Huíla 56, Cuanza Sul, 43, Cuando Cubango e Bengo 40, Bié 39, Uíge 36, Lunda Sul e Malanje 32, Cunene e Namibe 30, Cabinda 28, Lunda Norte e Cuanza Norte 25, Zaire 24 e Moxico 23, totalizando 795.

No domínio do acesso ao mercado interno, decorre o registo dos produtores no Portal de Divulgação da Produção Nacional (PPN), que congrega actualmente 13.082 produtores nacionais, mais 118 do que na semana passada.