Opinião

Nascer do sol

O que Angola me faz crescer profissionalmente — José de Noronha Brandão

“Tinha aprendido que era muito importante criar desobjectos. certa tarde, envolto em tristezas, quis recusar o cinzento. não munido de nenhum artefacto alegre, inventei um espanador de tristezas. e...

Opinião

Rotinas

Os 5 em Angola — Filipa Moita

Quando tomámos a decisão de vir para Angola, no início, a prioridade foi dada às meninas e à sua adaptação a uma escola e a um País novo, e só depois, demos atenção ao elemento mais novo da família...

Opinião

Uma família de 5 em Angola

Os 5 em Angola — Filipa Moita

Quem sou eu? Primeiro que tudo gostaria de me apresentar. Sou mãe de 3 filhos lindos, esposa de um marido fantástico e em Junho do ano passado, depois de muitas ponderações, o pai cá de casa, decid...