FC Porto campeão: portistas em Luanda festejam título depois de anos “sofríveis”

“O campeão voltou” gritaram este fim-de-semana dezenas de adeptos, portugueses e angolanos, que se juntaram na Casa do Porto em Luanda, para festejar a conquista pelo FC Porto do titulo de campeão português de futebol, há quatro anos ambicionado.
:
  

Casa cheia, entre os adeptos estava Manuel Novais, o responsável pela comunicação da Casa do Porto de Luanda, que considerou "um campeonato bem vencido" e da "verdade desportiva".

"E contraventos, contra factos, contra todos os que argumentavam que o Porto este ano não tinha equipa, que era uma equipa mais reduzida, nós conseguimos", disse Manuel Novais.

O presidente do FC Porto, que já concedeu aos adeptos de Luanda, "a honra, há três anos" da sua presença, por altura da reinauguração da Casa do Porto, da sua estada em Angola, foi recordado por Manuel Novais.

"Esperamos que ele venha cá novamente, porque é uma honra termos cá o presidente Pinto da Costa, que nos agraciou com mais um dragão de ouro, há dois anos. Nós somos a única casa, de todas as casas do Porto, que tem dois dragões de ouro, e isso é um orgulho muito grande e gratificante", salientou.

Para o adepto Victor Ceita, angolano, o sentimento não difere dos demais, depois dos "últimos quatro anos sofríveis". "Finalmente tivemos aqui o que todos merecíamos e obviamente que este é um momento de grande satisfação, de grande alegria para a família portista e essencialmente em Luanda continuamos a mostrar que a família portista é enorme e sempre que o Porto está em campo, nós fazemos questão de na nossa casa abrir e receber os portistas e fazer a festa", disse.

Ao lado de Victor Ceita estava o seu filho, Alexandre Ceita, 11 anos, portista "desde que nasceu", satisfeito porque a equipa "jogou muito bem".

Também para Rui Carvalho, o sentimento era de "muita alegria, muita satisfação". "São quatro anos aqui a sofrer, a ver os outros a ganhar e nós aqui a batalhar e nunca conseguimos, este ano finalmente chegou a nossa vez", expressou.

Rui Carvalho recordou que "foi muito difícil" e de "muito sofrimento" a época, mas "a recompensa é boa". "Somos campeões, isso é que interessa", disse.

E para comemorar o momento, disse Rui Carvalho, o jantar foi tripas à moda do Porto, "tinha que ser". "Que acreditem sempre no nosso Porto, fazem-nos pequeninos, mas nós somos muito, muito grandes, principalmente em Angola e hoje está aqui a confirmação disso".

Mais Lidas