Receitas aduaneiras do país cresceram 43,8 por cento em 2018

As receitas aduaneiras cresceram em 2018 43,8 por cento face a 2017, totalizando 163,9 milhões de dólares, indicou Terça-feira o administrador da Agência Geral Tributária (AGT).
DR:
    DR

José Dinis Dungo, citado pela Angop, falava na abertura de uma reunião tripartida entre as Administrações Aduaneiras de Angola, República Democrática do Congo (RDC) e da Zâmbia, todos membros da Comunidade dos Países da África Austral (SADC).

Segundo o administrador, os números resultam do trabalho desenvolvido nas 79 fronteiras terrestres que a AGT tem sob sua tutela e nas 36 delegações aduaneiras nas 18 províncias do país, supervisionadas por 3800 trabalhadores.

Tendo em conta o crescente volume de trocas comerciais entre os países africanos, José Dinis Dungo considerou "impérios" partilhar experiências e iniciativas para se reforçar a colaboração nos postos fronteiriços comum e com infra-estruturas modernizadas.

"É importante melhorar a conexão de sistemas informáticos e efectuar patrulhamentos para se conseguir uma maior arrecadação de direitos aduaneiros e demais imposições, através da cooperação estreita entre administrações aduaneiras", defendeu.

O primeiro dia do encontro, que decorrerá até Sexta-feira, ficou marcado pela ausência de representantes da RDCongo.

Mais Lidas