Produção petrolífera nacional atinge em Julho 1,646 milhões de barris por dia

A produção petrolífera do país atingiu em Julho uma produção diária média de 1,646 milhões de barris de crude, de acordo com o último relatório mensal da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP), lançado Quinta-feira e ao qual a Lusa teve acesso.
:
  

Com este registo, em volume produzido, Angola continua, pelo terceiro mês, atrás da Nigéria. Durante praticamente todo o ano de 2016 - e até Maio último - que Angola liderava a produção de petróleo em África.

A produção na Nigéria foi condicionada nos últimos meses por ataques terroristas, grupos armados e instabilidade política interna.

O acordo entre os países produtores de petróleo, para reduzir a produção e fazer aumentar os preços, obrigou Angola a cortar 78 mil barris de crude por dia com efeitos desde 1 de Janeiro, para um limite de 1,673 milhões de barris diários.

O mesmo relatório libertado Quinta-feira pela OPEP refere que em termos de "comunicações directas" à organização, Angola terá produzido 1,668 milhões de barris de petróleo por dia em Julho (mais 6000 barris diários face a Junho), enquanto a Nigéria terá chegado aos 1,674 milhões de barris diários (mais 117.200 barris por dia).

O documento acrescenta igualmente dados sobre as compras de petróleo pela China no mês de Junho, com Angola a manter-se entre os principais fornecedores, com uma quota de 13 por cento, além da Rússia (18 por cento) e da Arábia Saudita (11 por cento).

Desde o início do ano que as vendas de petróleo angolano têm estado, em regra, à volta dos 50 dólares por barril.

Mais Lidas