Eritreu quer produzir 2400 toneladas de legumes em Benguela

Um cidadão da Eritreia pretende investir 263 mil dólares para criar na província de Benguela uma fazenda com 80 hectares e capacidade de produção anual de quase 2400 toneladas de tomate, batata e feijão.
:
  

Em causa está o projecto para a criação da empresa Himbol Agroindústria, a instalar na Canjala, município do Lobito, já aprovado pelo Ministério da Agricultura e cuja primeira fase, com uma área de 50 hectares de cultivo, deverá estar em produção dentro de oito meses.

O objectivo passa por produzir localmente, na província de Benguela, hortícolas e leguminosas, nomeadamente feijão, tomate e batata, criando inicialmente 16 postos de trabalho directos.

No primeiro, de acordo com o contrato de investimento a que a Lusa teve acesso, está prevista uma produção total de 1480 toneladas, que praticamente duplicará no prazo de três anos, distribuindo-se então por 16 hectares de cultura de tomate, 32 hectares de batata e 32 de feijão.

Mais Lidas