Salário mínimo regressa à discussão no parlamento angolano

O parlamento angolano discute esta Quinta-feira a actualização do salário mínimo, tema do habitual debate mensal na Assembleia Nacional, proposto pela coligação CASA-CE, numa altura em que o Governo tem vindo a estudar uma actualização das remunerações no Estado.
:
  

O tema já tinha sido levado à Assembleia Nacional a 22 de maio de 2015, pelo grupo parlamentar da Convergência Ampla de Salvação de Angola - Coligação Eleitoral (CASA-CE), mas a discussão acabou por não avançar, com a oposição a retirar-se em protesto contra as limitações impostas naquele dia à cobertura dos trabalhos pelos jornalistas.

Desde Junho de 2014 que o salário mínimo em Angola está fixado nos 22.504,50 kwanzas, para trabalhadores do comércio e da indústria extractiva. Mais reduzido, apesar da actualização então aprovada, é o valor mínimo mensal para os sectores dos transportes, dos serviços e das indústrias transformadoras, fixado em 18.754,00 kwanzas, e para o sector da agricultura, 15.003,00 kwanzas.

A segunda maior força política da oposição defendeu anteriormente, na proposta deste tema, que o Governo e o partido que o suporta, o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA), "nunca estiveram interessados em definir políticas claras de geração de emprego, nem conferir aos angolanos a dignidade que merecem".

Mais Lidas